22 de dezembro de 2009

VIVER DESPENTEADA
.
Há um tempo venho aprendendo que é preciso deixar que a vida nos despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...
O mundo é louco, definitivamente louco...
O que é gostoso, engorda. O que é lindo, custa caro. O sol que ilumina o teu rosto enruga. E o que é realmente bom dessa vida, despenteia: Fazer amor, despenteia.- Rir às gargalhadas, despenteia.- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.- Tirar a roupa, despenteia.- Beijar à pessoa amada, despenteia.- Brincar, despenteia.- Cantar até ficar sem ar, despenteia.- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes despenteia.

Então, cada vez que eu estiver com aquele sorrisão no rosto e despenteada pode ter certeza de que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida. É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir. Pode ser que eu me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora, afinal o manual de boa conduta deste mundo exige boa presença: Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria...

Talvez eu deva seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz?
Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita... A pessoa mais bonita que posso ser!
O que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser. Por isso, minha recomendação a todos:

Entregue-se........

Coma coisas gostosas, beije, abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, corra, voe, cante, arrume-se para ficar linda ou lindo, arrume-se para ficar confortável, admire a paisagem, aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear!!!!

O pior que pode acontecer é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo..."

4 de dezembro de 2009

Às vezes, a saudade aperta tanto o peito que o coração fica sufocado, apertadinho num conjugado quarta sala.E meu coração quer viver em uma cobertura, de 350m² com vista pro mar. . .

3 de dezembro de 2009

AH QUE VONTADE...
.
Quem consegue controlar?
No momento são várias, algumas que dependem apenas de mim e outras nem tanto assim.
Uma nova tattoo, um novo livro, um novo idioma, uma viagem, um novo emprego, um instrumento, um esporte, uma dança talvez, o tal do Ano Novo que esta chegando com uma página em branco pronta para ser escrita com tudo oque eu quiser...
Sem deixar nada pra trás, sem esquecimentos, sem pressa, mas também sem perder a vontade.

Polly

21 de agosto de 2009

O SEGREDO É LEVAR A VIDA COMO UMA PIADA

Talvez escrever ou falar essa frase pra alguém seja um milhão de vezes mais fácil do que se colocar na situação em que a pessoa se encontra.
Eu não sou a pessoa que tem maior autocontrole desse mundo, aliás, não passo nem perto.

Sou ansiosa, teimosa, exigente, perfeccionista e até bem chata para certos assuntos.
Mas acredite, o antídoto é se interessar por você. Se interessar pela vida. Se olhar no espelho e descobrir seus melhores ângulos. Dar um mergulho interno e explorar assuntos que despertem sua paixão. Ler um bom livro. Encontrar sua própria aceitação. Não ter medo de que os ciclos se encerrem. Esperar todos os dias pelas novas oportunidades. Não se apaixonar pela imagem refletida no espelho, mas encontrar paixões legítimas, dons, aquilo que te impulsiona, aquilo que te movimenta. Tentar descobrir o que te faz se sentir vivo. Se cuidar, cuidar do outro, se querer bem. Se nutrir de informação. Ter fome de conhecimento. Aprender a tocar um instrumento. Buscar por algo na vida mesmo que não tenha a aprovação de ninguém. Colocar sua luz pra fora. Sentir o calor, o frio, o cheiro do ambiente a sua volta. Apostar na sua força, não ter pressa. Ter confiança. Chorar, gritar, sorrir, cantar, escrever, pensar. Ignorar a palavra vergonha. Compartilhar sua essência com o mundo.


Tudo isso sem esperar por nada, apenas pelo bem estar com você mesmo.

Sorrir.

Viver!

24 de julho de 2009

A MÚSICA ME FAZ BEM!


Há um tempo, coisa de 02 meses, por intermédio de uma amiga (Dani H.), eu conheci um pouco mais do trabalho de outra Danni, se trata daquela cantora descabelada, que atualmente se encontra "encurralada" naquele reality show chatérrimo da Record, é a Danni Carlos.

Até então, eu conhecia uma, duas ou três músicas da Danni Carlos, mas nunca tinha procurado algum CD para escutar na integra, e foi isso o que eu fiz, peguei o CD Rock` N` Road All Night emprestado e escutei 1, 2, 3, 4,5, e me perdi nas tantas outras vezes.

Eu simplesmente me apaixonei pela voz e interpretação diferenciada que ela dá para a maioria das músicas.
Tudo bem, sempre vai haver os mais críticos, que vão falar que são regravações, etc. e tal.
São regravações sim, são aquelas músicas que escutamos há 10, 15 anos atrás (nossa, como estou velhota), mas o que me chamou a atenção mesmo, foi a voz doce, que me fez viajar pra bem longe, o jeito suave de passar um sentimento intenso e a maneira toda especial de brincar com o ritmo da canção.

Em especial, a que me emocionou de verdade eu quero compartilhar, With Or Without You.

Essa música tem um grande significado pra mim, e com esta interpretação, marcou mais ainda.

Vejam o vídeo, ou pelo menos miniminizem e continuem escutando, pois as imagens não são da cantora, não encontrei o original com o clipe dela, mas mesmo assim vale à pena!


Com carinho, pra vocês.


video

16 de julho de 2009

CUSTE O QUE CUSTAR - CQC
.........................................................................
Esses dias, assistindo ao CQC, que na minha opinião, é o melhor programa, e um dos únicos que dá pra assistir na TV aberta, vi uma matéria que seria mais trágica ainda, se não houvesse o lado cômico do repórter Danilo Gentili para reagir às respostas dos nossos bandidos representantes.
Ele foi atrás de satisfações do deputado Sérgio Moraes, aquele que afirmou que pouco se lixa para a opinião pública e que foi condenado em primeira instância por aquele crime que se constitui na "exploração da mãe de alguns políticos" (prostituição).
Fora isso, o Sérgio Moraes é acusado de receptação de jóias roubadas, agressão e utilização do dinheiro público para ligar para tele-sexo (é isso mesmo que você leu), a TPM não me deixou louca.
Com uma ficha tão podre como a dele, é difícil ter que olhar para sua cara de despreocupado, como quem não deve nenhuma explicação.
Ao ser questionado pelos crimes, a resposta mais inteligente que ele teve, foi acusar o repórter de viado, e afirmar tê-lo visto fazendo coisinhas com um viado. Como se a comunidade gay fosse criminosa, suja e tão desprezível como ele e todos aqueles ladrões de terno que desfilam por Brasília.
Esse post é em homenagem á esse programa, que atualmente é o único que realmente tem coragem de falar a verdade na cara desses crápulas desonestos.

Parabéns ao CQC, por que se todos tivessem a coragem de falar o que eles falam, a imprensa Brasileira seria bem melhor, e quem sabe o governo também.  E quem sabe, nossa vida também.

Vale a pena ver a matéria, clique no link abaixo ou para ver no you tube, é só clicar aqui!

Boa diversão!

video

15 de julho de 2009

NOSSOS OLHOS ESTÃO VENDADOS ou NÃO QUEREMOS VER?


No tempo de banalização geral em que vivemos, os valores estão trocados. Tudo vale em nome da sua satisfação pessoal, nem que para isso você precise pisar e invadir o espaço do outro, pois o que realmente vale é chegar onde sempre quis.
O sistema dominante transmite o que quer promover, e a massa hipnotizada acata sem qualquer questionamento.
Quando aparece alguma notícia bombástica em relação ao governo, somos distraídos com um reality show qualquer, que mostra mulheres recheadas de silicone até o cérebro, ou fofocas da vida de algum artista, ou o casamento de algum craque de futebol, ou as novidades sobre a novela do momento, ou a matéria que o repórter sensacionalista fez, tirando proveito da tragédia aérea alheia.
Tem um programa da rádio Band FM que se chama "Notícias que vão mudar a sua vida", é uma sátira as notinhas que nós vemos diariamente, ao acessar qualquer site que deveria ter informações úteis, são notícias do tipo:

__"Sensacional, Carolina Dieckmann aparece com a unha pintada de rosa alaranjado".


Afinal, para quê saber sobre o destino do etanol, se a Carol Dieckmann pintou a unha né? Para quê saber o que o Sarney anda fazendo, se tem paredão do BBB ou da Fazenda? Anhnn?
Fomos tão persuadidos, que o que impera na cultura de hoje é o corpo, o sexo, o lucro e o individualismo. As pessoas estão alienadas em idéias fúteis, e não sabem sequer argumentar. Se está na moda, se todo mundo faz assim, por que eu agiria diferente? Infelizmente é assim, esse paradigma se instalou, tem gente que adota uma conduta sem saber nem o motivo.
Recebi um e-mail interessante há um tempinho atrás, de como nasce um paradigma e tem tudo a ver com esse textinho meio TPM de hoje. (TôPollyMarrenta), e tô mesmo. rs.


Quero compartilhar:

"Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas. Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros enchiam-no de pancada. Passado mais algum tempo, nenhum macaco subia a escada, apesar da tentação das bananas. Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo rapidamente retirado pelos outros, que lhe bateram.
Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada. Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado, com entusiasmo, na surra ao novato. Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o fato. Um quarto e, finalmente, o último dos veteranos foi substituído. Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam a bater naquele que tentasse chegar às bananas. Se fosse possível perguntar a algum deles porque batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: “Não sei, as coisas sempre foram assim por aqui...

" Não perca a oportunidade de vez em quando, se questionem porque fazem algumas coisas sem pensar..." Chega de ter uma mente tão estagnada, pense por si mesmo, nem que para isso você tenha que andar na CONTRAMÃO DO MUNDO.

26 de junho de 2009

25/JUNHO 2009, O MUNDO PERDEU O POP

Perdemos ontem, o maior ícone da música Pop de todos os tempos, Michael Jackson!

Estranho mas estava justamente num evento de música, pois uma amiga havia me convidado a assistir o pocket-show da Bruna Caran, cantora de 21 anos, com 12 de carreira e que esta arrasando com sua linda voz na MPB.
O showzinho pronto pra começar dentro da Fnac Paulista e, de repente uma menina ao lado recebe um telefonema e conta pra outra pessoa que o Michael Jackson tinha acabado de morrer, eu arregalei o olho e olhei pra minha amiga incrédula, e assim aconteceu com quem teve a chance de escutar tal comentário.
Daqui a 5 minutos minha amiga recebe um torpedo do namorado também falando que o Michael J. tinha falecido. Mal ela guardou o celular, o meu recebe uma mensagem da minha sogra contando que o astro tinha “ido embora".... Fiquei pasma, mas ainda desconfiada de que algo estava errado.
Na hora de ir embora, na Av. Paulista eu pude ouvir mais umas quatro pessoas falando:
"para, é mentira né", "fala sério", "não brinca", "deve ser boato".

De fato, a notícia estava se espalhando pelo mundo, mas as pessoas se recusavam a acreditar e eu também não queria, mas não tinha jeito, o "mundo" iniciava seu LUTO pela partida do REI DO POP.
Pelo que eu andava lendo, Michael Jackson estava feliz e ansioso para seu retorno aos palcos, que seria em Los Angeles, no começinho de Julho. Ele estava treinando os novos passos para o espetáculo e faria uma turnê de 50 shows, com ingressos totalmente esgotados.
Eu pensei que conseguiria ao menos assistir a alguma das suas apresentações pela TV, DVD, sei lá, de alguma forma eu estava ansiosa pra isso pois, não tinha dúvidas de que seriam d+ e como sempre, dariam o que falar afinal, a vida de Michael sempre foi rodeada por polêmicas, falaram que ele era pedófilo, que tinha feito tratamento para clarear a pele, criticaram sua maneira de cuidar dos filhos, suas dívidas milionárias, e um milhão de outros boatos e histórias que a mídia fez questão de aumentar para atingir seu propósito maior: vender, vender e vender.


Eu particularmente adorava e sempre admirei muito seu trabalho, aprendí a gostar mais ainda por namorar um fanático por Michael, do tipo que tem materiais bem antigos, desde o começo do Jackson Five.

Está sendo difícil ver a carinha dele a cada vez que liga a TV ou conecta a internet. . .
Mas além de tudo isso, sempre achei que Michael foi o artista mais completo em todos os sentidos, penso que nunca aparecerá ninguém que se iguale a ele.
Michael Jackson foi um fenômeno, um gênio, uma lenda e sempre e sempre será o único Rei do Pop!
Hoje estou triste e perdi a conta de quantas vezes ouvi a minha música favorita dele, "You are not alone".

Espero que futuramente meus filhos, netos, e gerações possam conhecer um pouco do que foi o Michael J. para a música e para cada uma das pessoas, que como eu, sentiram o impacto inenarrável que esse ícone causou no mundo.

You Are not alone (King of Pop) para Ale Costa
video

5 de junho de 2009

FÊNIX
(Flávio Venturini e Jorge Vercilo)

Eu, prisioneiro meu

Descobri no breu

Uma constelação

Céus, conheci os céus, pelos olhos seus, véu de contemplação

Deus, condenado eu fui, a forjar o amor, no aço do rancor


E a transpor as leis mesquinhas dos mortais

Vou, entre a redenção, e o esplendor, de por você viver

Sim, quis sair de mim, esquecer quem sou, e respirar por ti, e assim transpor as leis, mesquinhas dos mortais

Agoniza virgem Fênix (O amor) entre cinzas, arco-íris e esplendor

Por viver às juras de satisfazer ao ego mortal

Coisa pequenina, centelha divina, renasceu das cinzas

Onde foi ruína, pássaro ferido, hoje é paraíso

Luz da minha vida, pedra de alquimia

Tudo o que eu queria

Renascer das cinzas

Quando o frio vem nos aquecer o coração

Quando a noite faz nascer a luz da escuridão,


E a dor revela a mais esplêndida emoção

O amor ....


8 de maio de 2009

UM TRUQUE PARA ME ACALMAR

Essa semaninha foi complicada, pra falar a verdade, muito difícil.
Há algum tempo, aprendi com uma amiga que adoro de paixão, (Kaká), um exercício de respiração que faz os ânimos se acalmarem, lembro que ela notou que eu estava toda tensa, no ano passado, as vésperas do meu mini TCC da faculdade, achei muito legal, é um truque de respiração que consiste em respirar bem fundo, contando alguns segundos, e depois soltar o ar, bem calmamente, pensando em coisas boas, de preferência. Isso realmente me ajudou, e olhe que eu fiquei um tanto receosa, pois já me conheço bem e sei até que ponto minha ansiedade vai.

Pois é, esse exercício me acrescentou muito no ano passado e também nessa semana, não por estar brava ou nervosa por algum trabalho, apresentação ou qualquer outra coisa. Ajudou-me em momentos em que me senti triste, essa semana uma grande amiga passou por uma situação muito difícil, perdeu uma filha. Para dar forças e tentar ser forte, utilizei muito desta técnica, e funcionou, me senti bem, consegui coordenar os meus sentimentos, que estavam á flor da pele.

Não foi uma semana de risos, piadas, graçinhas, foram alguns dias em que eu refleti, lembrei de pequenas coisas que fazem uma diferença enorme na nossa vida e lembrei também de grandes pessoas, que são como anjos que Deus nos envia para nos ajudar em algum momento.
A Ka não estava por aqui, mas uma dica que foi dada com tanto carinho, foi muito bem aproveitada e me manteve a Polly disposta e feliz de sempre..
Na vida tem pessoas queridas, que não convivem conosco diariamente, mas que deixam pra sempre um pedaçinho do seu astral e da sua boa alma para nos fazer bem..
E pensar assim, me faz muito feliz! Até mesmo nessa tal semana, que por sinal, chegou ao fim.

Um beijo grande e que venha o amanhã, lindo, com o sol e o sentido que eu espero!!


29 de abril de 2009

O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON

Em menos de uma semana outro filme perfeito, que adorei e recomendo para qualquer pessoa, principalmente para aquelas que estão sempre a pensar e questionar o porquê as coisas são desta forma e não daquela outra...

No filme o papel que desempenhamos desde o início de nossas vidas que é, (nascer, crescer, reproduzir, morrer) é curiosamente inverso. O maravilhoso Brad Pitt nasce do tamanho de um bebê normal, mas com a aparência e sintomas de um idoso que já esta bem perto dos seus últimos momentos aqui na terra.

Um bebezinho cheio de rugas, fraco, com visão comprometida que vai crescendo como a exceção, vendo seus amigos e família ficarem velhos, ou seja, irem em direção totalmente contrária a dele, já que ao longo de sua vida ele vai rejuvenescendo.
Até os 40 minutos de filme eu estava achando ele um tanto cansativo, pra falar a verdade eu estava querendo saber o porquê tantas pessoas haviam falado tão bem dele e até me indicado, foi quando comecei a me prender, a história ficou interessante e a lição que o filme tentava passar foi entrando na minha cabeça..

Às vezes esquecemos-nos de agradecer pelo simples fato de termos chegado a esse mundo com saúde, é tão comum ver coisas horríveis serem contadas, assistir dramas alheios na televisão, ficarmos sabendo da vizinha, do vizinho, do tio ou do amigo que tem algum caso triste a contar.
É fácil não participar dos problemas dos outros, assim como é fácil dizer que tem tantos problemas quando não se tem nenhum.
O difícil é compreender que mesmo o que parece anormal, o que não é a rotina, o diferente, pode ser muitas vezes bem mais bonito e bem mais sensato do que ser comum.

Eu amei esse filme pela lição de um caso totalmente fictício, mas que se comparado a realidade de alguns, se torna muito mais que real.
Eu indico.

20 de abril de 2009

A VIDA DE DAVID GALE

Sou uma alucinada, apaixonada por filmes, quer me fazer mega feliz é só me convidar para uma sessão, pode ser em casa ou no cinema, o local não importa, o que me interessa é ter um bom filminho guardado em casa pra assistir, e isso aconteceu com um CD que ganhei de um amigo, estava há um tempo com ele guardadinho por que a mídia estava "enroscando" no DVD, tive a idéia de regravá-lo ontem, não é que deu certo.
O nome do filme é "A vida de David Gale", nele David Gale (Kevin Spacey) é um professor que trabalha na Universidade do Texas e também um ativista pleno contra a pena de morte. Até que, após o assassinato de uma colega de trabalho, Gale é injustamente acusado e condenado à pena contra a qual ele tanto combate. O caso chama a atenção de Elizabeth (Kate Winslet), uma jornalista que decide investigar a vida de Gale e também o sistema judicial que o condenou à pena de morte.
Achei esse filme maravilhoso, bem protagonizado e muito inteligente, ele coloca em discussão a pena de morte, fazendo-nos repensar em questões políticas, econômicas, sociais e culturais. Eu, que por muitas vezes já me peguei pensando sobre esse tema, novamente parei pra pensar e repensar um pouco mais sobre todos meus conceitos e todas as possibilidades que tal pena implica na sociedade. Bom preciso parar de escrever, pois me conheço, daqui a pouco estou contando o filme do começo ao fim...O que fica é o sentimento de realização que senti após assistir esse filme tão bom e que tanto me impressionou, não perca tempo, se você ainda não assistiu é um convite a ficar 2h e 10 minutos sem piscar em frente à telinha, ou telona. Fazia um tempo que eu não saia tão realizada de uma sessão de cineminha em casa.

25 de março de 2009

MAS QUE EDUCADINHA...


Esse fim de semana, a caminho de um churrasco dos amigos da faculdade do meu namorado, não sei por qual motivo, mas me veio em mente uma cena no mínimo constrangedora que me aconteceu no ano passado, dentro de um dos confortáveis, cheirosos e espaçosos ônibus que circulam por São Paulo, vou contar resumidamente: Estava eu, em pé, cheia de cadernos nas mãos, bolsa, salto alto e sapato machucando, enfim, com uma louca vontade de chegar em casa, pois estava voltando da faculdade, estava dentro do magnífico Terminal Capelinha, lembro também que eu estava bem próxima da janela, exatamente naquele vão que é "reservado" para os cadeirantes.


Na minha frente, havia uma moça, aparentando seus 17 anos, de calça jeans, tênis, camiseta e o conjunto doritos X coca-cola nas mãos, até aí normal, a mocinha comeu todo o salgadinho e tomou seu refri, que era daqueles de 600ml, que vem na garrafinha. Ao terminar o croc-croc, ela amassou o saco de salgadinho e enfiou na boca da garrafa, lembro que quando isso pensei:


__ “Que educadinha", guardou o saquinho pra não fazer sujeira..


Eis que a bela mocinha, até então educada, me olhou e ameaçou dizer alguma frase, eu fiquei só observando, quando de repente ela me olha novamente, estica o braço me entregando a garrafa pet e me diz:


__"Moça, joga fora pra mim?"


Eu, simplesmente respondi: __" Más não tem lixinho aqui".


No que ela me diz: __ "Não é no lixo, é pra jogar pela janela"


A minha reação naquele momento foi conter minha enorme vontade de meter um soco na cara dela, ajeitei meus materiais da maneira que eu podia, peguei a garrafa das mãos dela e disse:


__" Pode deixar, quando eu chegar em casa, jogo no lixo"


Guardei a garrafa dentro da minha bolsa, muito decepcionada e, ao olhar pro lado consegui observar a cara das pessoas que estavam ao meu redor, saudando-me de uma maneira como nunca pensei que aconteceria por uma coisa que no meu ponto de vista deveria ser normal, ou será que agora, jogar lixo no lixo já é coisa de gente careta?


A cara da moçinha foi de indiferença, a sujeita nem ao menos abriu a boca, apenas ficou com a cara desconfiada, tentando entender no íntimo de sua ignorância o porquê eu havia guardado a garrafa de coca-cola vazia dentro da minha bolsa. Eu, justo eu que sempre fiz questão de por a boca pra fora do carro e xingar em alto e bom som qualquer pessoa que eu visse jogando lixo nas ruas, me vejo numa situação dessas. Hoje vivemos nessa pressão, com esse medo das conseqüências que teremos, ou que nossos filhos e netos terão, com tamanha destruição que já foi causada no planeta por que colhemos o que nós mesmos (seres-humanos) plantamos.


Na época do meu colegial não se falava tanto sobre a preservação do nosso planeta, o sapato começou a apertar de uns sete anos pra cá, hoje eu tenho certeza de que os estudantes têm esse assunto muito mais presente em suas aulas do que eu tive, mas me deixou muito triste ver essa "animalzinha" mostrando que infelizmente sempre haverá pessoas que nunca vão aprender, ou se vão, esse processo vai ser bem demorado. Espero que ela tenha deitado sua cabeçinha no travesseiro naquela noite e tenha sentido um pouquinho, apenas um pouquinho de vergonha de ser uma dessas pessoas, que insistem em querer caminhar sempre pra trás. E eu continuarei causando quantas "saias justas" forem necessárias, cada vez que tiver a infelicidade de presenciar uma cena assim.


20 de março de 2009

DEFICIÊNCIAS

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão.Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar em direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce. "Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

"A amizade é um amor que nunca morre. "


Mario Quintana

18 de fevereiro de 2009

CADÊ O CARRO? ? ?
Esta semana saindo do serviço as 19:00 hs com uma amiga que sempre me dá carona até a faculdade, surge á surpresa:

_ Cadê o meu carro? (disse ela já em tom de desespero ao ver que seu carrinho novinho, comprado no fim de 2008 não estava mais lá). Um tanto incrédulas fizemos questão de dar 02 voltas na mesma rua pra tentar descobrir que aquilo era uma ilusão visual e que o carro estava prontinho, no mesmo local, esperando somente sua dona para ir pra casa, não foi oque aconteceu!
"Senti na pele" a mesma sensação que ela, imagine só você trabalhar, acumular dias, anos de seu suor a fim de realizar um sonho e quando você consegue alcançar seu objetivo, vem um ladrão (desgramado) e leva seu carro embora?
É muito triste viver uma situação dessas, é muito triste esse meu medo de morar em SP, isso é recente, desde que fui assaltada por um motoqueiro e ele me empurrou no chão e levou minha bolsa (detalhe que antes de partir ele abriu ela com toda a calma do mundo e verificou se minha carteira, celular e demais coisas que o interessassem estavam lá), depois o maledito partiu com sua moto bem devagarzinho, com toda a tranqüilidade que um "ser humano" poderia ter.

Depois disso o medo me fez ficar ainda mais atenta, hoje são: dois passos para frente, uma olhada para trás.
Sei que não é natural, que temos que saber conviver nessa selva chamada mundo.
Mas, enquanto não tenho a chance de mudar para uma casinha no campo, bem no interior do interior do interior, essa sensação de adrenalina (ruim) em viver numa cidade tão maluca, permanece.


A Michelle, só posso dizer que estou aqui, com toda minha amizade e carinho quando ela precisar e quando ela não precisar também!
Depois de uma tempestade sempre vem o SOL, é uma questão de tempo e PERSEVERANÇA.
E essa menina grande, forte e guerreira vai saber conduzir essa batalha.

Um trevo com um grande desejo de sorte!




13 de fevereiro de 2009

COLD PLAY

Eu adoro o Cold play, a música deles que mais gosto atualmente é essa , ela me lembra final de semana, abraço, beijo, família, chocolate, risadas, filmes, final feliz,...Essa música me passa um clima muito bom, me acalma.
video




22 de janeiro de 2009

ISSO É LINDO

Não somos apenas o que pensamos ser.
Somos mais; somos também, o que lembramos
e aquilo de que nos esquecemos;
somos as palavras que trocamos,
os enganos que cometemos,
os impulsos a que cedemos,“sem querer“.

(Sigmund Freud)





7 de janeiro de 2009

SER OTIMISTA SEMPRE AJUDA.

2009 segundo a tradicional leitura da cabala será um ano regido pelo Sol.
Mas o que isso significa?
O Sol é o Astro Rei, nosso pai e gerador de vida.
Assim, podemos imaginar que uma regência solar pode nos trazer muita Luz, realizações e um novo impulso para a vida, porém numa análise mais intima podemos perceber que tudo isso depende do foco que estamos colocando nas coisas...

Vamos dizer que se estamos acreditando em coisas boas e apostando em realizações positivas seremos favorecidos, porém se ao contrário estivermos tristes, depressivos essa tendência será ainda mais fortemente ativada...Esse fim de ano foi um pouquinho desconfortável pra mim, algumas surpresas desagradáveis e algumas chateações me fizeram refletir muito nessa época em que nem “tudo” parece festa.


Mas o ano começou, a expectativa de fazer coisas novas me deixou cheia de vontade de acelerar essa caminhada, afinal é o último ano de um período que foi muito importante na minha vida, a faculdade, e ano que vem não sei como será essa saudade que todos dizem que sentem após se apossar do tão desejado diploma.

Agora é hora de dar a minha famosa sacudida na poeira e seguir em frente com a mesma confiança que me acompanha desde que me conheço por “gente”.
Espero que seja um ano de surpresas agradáveis e muita energia positiva!
E eu vou que vou correndo sempre atrás dos meus sonhos!

Polly